Festa de Halloween para adultos

Apesar do dia das Bruxas ser uma costume norte americano a moda pegou no Brasil. E particularmente, eu acho super divertido!


No ano de 2019 eu fiz minha festa de aniversário com o tema “Haunted House” (Casa mal assombrada) e eu tinha em mente que gostaria de fazer algo que fosse muito bem feito. Não podia ser nada infantil, pois era uma festa de adultos e eu gostaria que ficasse o mais real possível e sem gastar uma fortuna.


Foi então, que eu comecei a fazer minha pasta de referências no Pinterest e comecei minha pesquisa para encontrar os melhores fornecedores, principalmente de docinhos. E nesse post vou dar algumas dicas para você arrasar na decoração e indicações para quem mora na cidade de São Paulo.

1. Escolha um sub-tema

Pode parecer óbvio, mas ao iniciar minha pesquisa eu percebi que seria necessário eu definir um sub-tema do terror para que a decoração ficasse mais real.

E decidi por uma haunted house que seria habitada por vampiros.
Em algum momento as referências se misturam, mas seguir uma linha de decoração ajuda na escolha dos itens.

  • DICAS DE SUBTEMAS:
    • Bruxas e o universo wicca,
    • Zumbi e mundo apocalíptico,
    • Fantasmas e assombrações,
    • Hospital mal assombrado

2. Decore todos os ambientes

Defina o local onde seus convidados vão poder transitar livremente – hall de entrada, sala de estar, TV, lavabo, varandas, etc. E então você pensa em como será os ambientes e qual sensação você gostaria de criar.
Comecei decorando o hall de entrada e que no meu caso o elevador já sai dentro do apartamento, mas você super pode decorar seu hall do prédio ou entrada da casa para já criar uma atmosfera.

Eu encontrei na Pocket Party & Co em São Paulo alguns itens de decoração de festa para alugar e achei que super compensava. Na entrada eu coloquei um fantasma de correntes que se mexia quando alguém se aproximava e para ele ter uma ambientação colocamos teias ao redor com algumas aranhas e baratas de plástico. No chão colocamos alguns sapatos sujos com um “pé ensanguentado” para direcionar os convidados ao próximo ambiente.


Na sala de jantar criei uma mesa com um arranjo de caveiras, flores queimadas, velas e folhas secas. E coloquei o drink de boas vindas ao lado do arranjo – criamos um shot vermelho servido na seringa feito com vodka e xarope de cranberry.


No aparador da sala de jantar coloquei um telefone que também tinha sensor de movimento e quando algum convidado passava perto o telefone tocava e ao atender se ouvia frases com voz de terror e ao lado algumas velas, sombras de morcegos no abajur que criamos com papel e alguns petiscos – servimos amendoins, damascos e copinhos com balas de gelatina no formato de minhoca e dentes banhadas na vodka.


DICA: Compre caveiras bem baratinhas de plástico e pinte os olhos e as bocas de preto para ficarem mais dark e queime uma vela em cima para que vire um candelabro de caveira.


A porta do corredor para os quartos ganhou um painel de TNT pintado com frases de “Não ultrapasse”, “perigo”, “socorro” e etc para sinalizar que aquele era um espaço que não fazia parte da festa.


DICA: Coloquei panos de TNT por cima das cortinas para escurecer o ambiente.


Na sala de estar criamos um pequeno ambiente na mesa de centro com teias de aranha, candelabros de prata e com velas em crânios de caveira.


Na mesa dos doces e do bolo coloquei alguns livros velhos, caveiras, teias, que caiam do teto junto com um fantasma em uma jaula que se debatia constantemente. Outro item que amei nessa mesa foi o boneco animado que era um mordomo de caveira que servia os doces de olho e de dedo que encomendamos.


Na sala de TV que também era a pista de dança colocamos mãos e pés ensanguentados e criamos um fantasma com o rosto do filme “O Pânico” e colocamos uma vela elétrica atrás para quando apagasse a luz esse rosto ganhasse destaque.
No lavabo colocamos algumas baratas saindo do ralo e na pia e um Freddy Krueger na frente do vaso sanitário. Mas na entrada do banheiro criamos alguns fantasmas com balões além de muita teia de aranha.


DICA: Use e abuse de teias, insetos espalhados e partes de corpos ensanguentados ou de caveira para espalhar por vários lugares, inclusive dentro ou perto dos coolers de bebidas.

3. Comidas e petiscos

De jantar servimos um camarão na moranga para usar a famosa abóbora como ingrediente principal. Mas acho que é super possível fazer a festa apenas com petiscos e entradinhas e por isso vou deixar algumas dicas uma dicas.


Mini abóboras: você pode fazer o creme antes e deixar tudo montado, na hora da festa coloque para gratinar no forno e deixe em uma mesa para que os convidados se sirvam.

Para aprender a fazer o creme de abóbora, clique aqui!


Tábua de frios: Use e abuse de queijos duros e semiduros (emmental, gorgonzola, parmesão, gouda e etc), roda de queijo brie com geléia de frutas vermelhas, uvas roxas, damasco, tâmaras e amendoins. E para que sua tábua fique no tema coloque alguns insetos de plástico no meio, velas de caveiras, mãos ensanguentadas perto de alguns itens e etc.


Hot Dog: Uma boa solução e super prática e nas salsinhas você pode fazer o corte na ponta para simular um dedo e o ketchup vira o sangue perfeito.


Doces: O bolo é legal fazer de pasta americana, mesmo não sendo a opção mais gostosa é o que mais pode ficar fora da geladeira sem derreter. Os doces faça com olhos e biscoitos de dedo que fica sensacional.


Tente fazer com que a comida entre na brincadeira sem torná-la nojenta, pois é muito difícil consumir algo que pareça gosma, melecas e etc.

4. Drinks e bebidas

Eu acho muito legal ter o famoso “Welcome Drinks” pois vai colocando o convidado no clima de festa. Como eu falei anteriormente, fizemos o drink na seringa mas você pode criar o famoso ponche ou sangria que também são vermelhos e fazer gelos em formato de mão (é só usar a luva latex) ou colocar aranhas dentro dos cubinhos.


Uma dica é espalhar alguns coolers ou isopor ou baldes de gelo com bebidas para os convidados se servirem a vontade e no meio do gelo e das bebidas acrescentar alguns itens de terror.


Sempre gosto de deixar cerveja, espumante e vinho rosé – outubro no Brasil é mais quente e exige bebidas mais refrescantes.


DICA:
● Cerveja: 1 litro por convidado (priorize long neck para não usar copos)
● Vinho ou espumante: sem cerveja – meia garrafa para cada convidado. Com
cerveja 1 garrafa para cada 3 pessoas.
● Coquetel de frutas com álcool: 2 litros para cada 20 convidados


Mas tudo depende do que seus convidados preferem beber.

5. Use itens da sua casa

Acredite sua casa terá itens para serem utilizados!


Livros antigos são ótimos para criar um clima de casa abandonado, aproveite e coloque algumas teias, aranhas e caveiras para deixar ainda mais real. Caso não tenha, é possível encontrar em sebos por um preço super bom.


Itens de prataria ajudam na composição – candelabros, bolas de decoração, bandejas e etc ajudam a criar o clima.


Pegue as folhas secas da sua hortinha e coloque em um arranjo de rosas queimadas – Sim, você pode queimar a pontinha das rosas para que elas fiquem no clima de halloween e ao invés de usar as folhas verdinhas use folhas e galhos secos.


Espalhe as velas pela casa e use a menor quantidade de luz artificial possível. E pode usar as velas que já foram utilizadas, criam uma atmosfera mais real.


Use seus sapatos sujos para espalhar pela casa com pés ensanguentados.


Sabe aquela fantasia velha? Crie um cantinho com ela. Tínhamos uma máscara dos Jogos Mortais e colocamos em um brinquedinho de madeira da decoração na sala e o Freddy Krueger virou a fantasia do revisteiro no lavabo.


Abajur e luminárias podem virar um ponto de luz macabro. Em abajur use moldes por dentro para criar o efeito das sombras e em luminárias use luz amarela e posicione em cima de algum item de fantasma e decore com muita teia e insetos.

Veja nosso vídeo macabro dessa decoração


Essas são as nossas dicas para uma festa de halloween adulta. Se você gostou desse conteúdo compartilhe com alguém!


Tem alguma dica legal? Coloca nos comentários


E não esquece de seguir a gente no instagram, Clicando aqui

Perfil do instagram com dicas  gastronomicas de viagem

Autor: Explora Vida - Nay Noronha

Paraense morando em São Paulo, pronta pra viver experiências gastronômicas e de viagens regada de um bom vinho e sempre buscando os melhores registros!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s