Parador Cambará do Sul

O Parador da Montanha fica em Cambará do Sul ao lado do Parque Aparados do Sul, onde está localizado o cânion Itaimbezinho. O hotel é um dos arrendadores de uma propriedade enorme e totalmente isolada no meio dos Campos de Cima da Serra.

A proposta do hotel é de glamping, conceito que mistura acampamento e luxo que te permite maior contato com a natureza mas com um certo conforto e qualidade no atendimento.

Leia mais: Roteiro pelos cânions brasileiros

Para chegar no Parador você pode contratar um transfer com o hotel ou alugar um carro no aeroporto que você chegar, o mais próximo é o de Porto Alegre.

Para alugar um carro use o nosso link! Você não paga nada por isso e ajuda o nosso site. 

A estrutura é toda de madeira, com pontes que interligam as diferentes áreas do hotel e com os diferentes quartos. Nós optamos pela Barraca suíte, que é o quarto com a melhor vista para os campos de Cima da Serra, com hidromassagem, pequena sala e quarto super confortável.

Um nova opção de hospedagem é o Casulo, com uma estrutura de barraca arredondada mas que é totalmente moderna, possui vista, hidromassagem e uma lareira na varanda – deixando tudo mais romântico.

O único quarto que achei que tem pouca privacidade é o Bangalô, pois a hidromassagem e a lareira ficam de frente para o corredor que conecta todos os outros Bangalôs. Não são muitos, mas se você busca privacidade não é a melhor opção.

Para todos detalhes das acomodações clique aqui

O restaurante do hotel é o Alma RS assinado pelo chef Rodrigo Bellora que tem o conceito ‘do campo a mesa’, com uma proposta de menu sazonal que respeita a natureza e o período de cultivo e vida dos legumes, frutas e animais. Uma das especialidades da casa são os pratos na lenha, com destaque para o quarto de ovelha e a lasanha de cogumelos que são perfeitas.

De entrada escolha a deliciosa tábua de queijos serranos, todos produzidos na região. Aposte também na croqueta de cordeiro que é deliciosa.

Um experiência gastronômica super interessante oferecida pelo hotel é a caça aos cogumelos selvagens na floresta que fica ao redor da sua propriedade, no pacote chamado de “O despertar dos Cogumelos” está incluso diária para duas pessoas e refeições – vale conferir, clicando aqui

Leia mais: Roteiro pelos cânions brasileiros

Leia mais: O que fazer em Balneário Camboriú

E as quartas e sábados o restaurante oferece o Churrasco Campeiro, com cortes tradicionais como o costelão que é preparado no fogo de chão e finalizado na parrilla – e realmente foi a melhor costela das nossas vidas. Outro prato clássico é a moranga recheada com linguiça artesanal e queijo serrano, não deixe de experimentar. Mas se você é vegetariano não se preocupe, eles preparam alguns legumes no fogo de chão que ficam deliciosos.

A reserva deve ser feita com 24h de antecedência e os cortes são servidos Às 12h30 e 14h.

As opções de lazer oferecida pelo hotel também são muitas, você consegue fechar desde passeios para o cânions, trilhas por cachoeiras, cavalgadas, passeios de balão, picnics e um dia no spa.

Leia mais: Roteiro pelos cânions brasileiros

O spa do hotel é o L’Occitane que oferece massagens e tratamentos corporais – tudo a parte e deve ser agendado com antecedência.

O picnic oferecido pelo hotel também é lindo, você pega uma cesta já montada na recepção e vai para as margens do rio que corta a propriedade e que tem vista para os Campos de Cima da Serra, a melhor hora é o pôr do sol que os campos ficam todos amarelados- uma experiência super romântica.

Outro passeio que vale muito a pena é a cavalgada ao pôr do sol, na minha opinião foi o ponto alto da viagem. O passeio tem duração de 2h e você vai a todo momento com o guia, o nosso foi o Gerson que entende tudo de cavalo e praticamente nasceu em cima de um cavalo, o que meu muita confiança.

A cavalgada acontece nas propriedade do hotel com a agência Cavalgada na Estância da Serra, a sensação é de pura liberdade além de ter uma paisagem exuberante. Um pouco antes do pôr do sol somos guiados para o ponto mais alto dos Campos em Cima da Serra, e quando você chega já está tudo preparado – com um fogo de chão, mesas, cadeiras, cobertores, vinhos, caixa com queijos da serra, figos e pães produzidos na cozinha do Alma RS. Agora é só apreciar a beleza do sol se pondo atrás da colina.

Gostou? ficou com vontade de conhecer o Parador Cambará do Sul? Conta pra gente nos comentários!

Autor: Explora Vida - Nay Noronha

Paraense morando em São Paulo, pronta pra viver experiências gastronômicas e de viagens regada de um bom vinho e sempre buscando os melhores registros!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s