LISBOA – onde comer e beber

Lisboa é uma cidade com uma cena gastronômica incrível e uma noite super agitada e divertida!

A cidade passou por grandes reformas e melhorias, revitalizando espaços na parte mais antiga, trazendo novidades para os miradouros naturais e dando muito espaço para a cena da alta gastronomia, para as festas em rooftops no verão lisboneta, para bares com drinks incríveis e muito mais.

Mercado da Ribeira ou Time Out Market

A primeira dica é conhecer o Mercado da Ribeira ou Time Out Market – Você vai encontrar os dois nomes com muita frequência.

O Mercado da Ribeira passou por transformações e hoje é um complexo gastronômico. Um meio do caminho perfeito entre alta gastronomia e a comida de rua.

A proposta é de um jantar informal em em mesas comunitárias e comidinha de rua, ouvindo uma música e aproveitando a vibe mercadão mesmo. Alguns restaurantes possuem balcão e/ou uma varanda externa.

Nossa escolha foi o Marisqueria Azul um restaurante especializado em mariscos, os dois pratos imperdíveis são: o Amêijoas a bulhões pato e o siri mole, que é mais um siri adolescente crocante – uma iguaria portuguesa que você precisa experimentar.

Cantinho do Avillez

O Cantinho do Avillez é um dos restaurantes do chef português mais famoso, o José Avillez. Se você é fã da alta gastronomia a primeira coisa que você precisa saber é que o Avillez é, atualmente, o chef mais conceituado do Portugal e seu restaurante Belcanto possui duas estrelas Michelin, além de ter sido considerado um dos 100 melhores restaurantes do mundo.

Mas para nossa sorte o Chef Avillez possui 4 restaurantes em Lisboa, todos muito bem avaliados e a nossa escolha foi o Cantinho do Avillez – Com uma proposta mais romântica e acolhedora. O chef conseguiu unir a gastronomia requintada com um ambiente confortável e descolado.

Pedimos duas opções de entrada, o Queijo de Nisa assado com presunto de porco alentejano e mel de rosmaninho e a segunda foi a Farinheira com broa de milho que é um enchido de porco assado no forno com crosta de broa de milho e coentros.

De principal escolhemos as Vieiras com batata-doce de Aljezur, espargos verdes e tomate e o Tagine de cordeiro com couscous, cordeiro estufado com ameixas e amêndoas acompanhado de couscous de legumes e molho de iogurte.

Para finalizar pedimos a sobremesa mais famosa da casa, que se chama: Avelã – é um gelado de avelã, espuma de avelã, avelã ralada no momento e flor de sal. Toda essa maravilha é servida em camadas em um pote, a textura e o sabor são deliciosos.

Bica do Sapato

Para os amantes de frutos do mar o Bica do Sapato é um restaurante tradicional e requintado que fica na beira do Rio Tejo, com uma vista linda para o pôr do sol.

DICA: Chegue antes do sol se pôr para conseguir uma mesa na varanda com vista e ter um fim de tarde agradável, acompanhado de boas comidinhas e um bom vinho Português.

Começamos com a Tábua de enchidos Portugueses –  paio do Lombo, paio do cachaço, copita, morcela, chouriço de carne, farinheira, bucho alentejano. E o Tartar de Bacalhau, nunca tínhamos comido essa delícia e adoramos.

Experimentamos também o Bacalhau fresco escalfado em azeite virgem sobre à Brás com azeitona preta e um Polvo grelhado com arroz de batata doce, pimentos e hortelã – Estava tudo delicioso e podemos dizer que foi uma das melhores decisões gastronômicas de Lisboa

Restaurante Insólito

O Restaurante Insólito fica no topo do Hotel Insólito, com uma vista linda para o centro de Lisboa.

DICA: O espaço é pequeno e se você quer ficar em uma mesa com vista é necessário reservar e chegar cedo.

O local oferece Happy Hour das 18h às 20h, em um espaço que mistura bar e restaurante com comidas contemporânea e para acompanhar uma carta de vinhos marcante. Pedimos o carpaccio de vieiras com romã e avelãs e um rosbife de javali com aioli, agriões e legumes, ambos deliciosos.

De prato principal, não podíamos deixar de experimentar o Bacalhau da casa que é um lombo meia cura e uma barriga de leitão com puré de pimenta, cogumelos portobelo e pickle de uva.

Rocco

O mais novo restaurante de Lisboa fica no Chiado, dentro do The Ivens hotel – O Rocco tem uma decoração imponente, balcão super instagramável e comida italiana deliciosa. O local na verdade possui três ambientes com um menu que muda para cada salão, são eles – Gastrobar, Crudo bar e Ristorante.

O Gastrobar possui um menu extenso de coquetéis e a assinatura da casa são os Negronis, vale conhecer para drinks e aperitivos. Já o Crudo bar tem 12 pratos para provar e é focado em gastronomia crua, com destaque para os mariscos portugueses.

O Ristorante possui variedade de pratos quentes da cozinha italiana, o seu foco está nos clássicos como: melanzane alla parmigiana (22€), costoletta alla milanese (34€) ou ossobuco com risotto de açafrão (36€)

Topo Chiado

O Topo Chiado é um bar que fica atrás do Convento do Carmo, com vista para o elevador Santa Justa e castelo de São Jorge. Ele é uma ótima opção para dinks depois ou antes do jantar – Lisboa é super segura para andar a noite, então não se preocupe.

Curiosidade: Lisboa é uma cidade agraciada com diversos mirantes naturais – que você vai conhecer andando pela cidade. Alguns deles viram ótimos bares, com festas incríveis e ambiente agradável – essa foto é uma oficial do bar Topo Chiado.

Na lista dos 100 melhores bares do mundo, o Red Frog, é a opção perfeita para quem gosta de coquetéis e da pegada speakyeasy – que são bares escondidos. O Red Frog está dentro do bar Monkey Mash, que pertence ao mesmo grupo.

Com um espaço pequeno e exclusivo, os drinks são um as grandes estrelas do local. Reserve antes de ir.

A próxima dica é um misto entre gastronomia, bares e roteiro de viagem.

Você já deve ter ouvido falar na famosa Rua Rosa em Lisboa – que é uma rua literalmente pintada na cor rosa com vários bares, alguns de strip e outros só de drinks. Mas a verdade é que você tem que ir, mesmo que não seja sua vibe de viagem.

A Rua Rosa é um must go em Lisboa, porque no passado era realmente uma rua de bordéis, era o primeiro contato que os descobridores portugueses e visitantes que desembarcavam dos seus navios tinham com a capital Portuguesa.

Hoje estamos falando de um espaço mais turístico e jovem da cidade, não tivemos a sensação de perigo em nenhum momento, ao contrário achamos super divertido.

O bar mais famoso é o Pensão Amor, que era um antigo bordel e virou um bar muito diferentão e super cool de Lisboa – com cortinas e sofás estampados, objetos antigos que despertam curiosidades nos visitantes e com uma loja de sex shop.

O bar vale super a pena, porque fica no underground de Lisboa, tem drinks deliciosos, pista de dança, DJ e muita diversão.

Gostou das dicas?! Mande para um amigo! Gostaria de compartilhar uma dica de Lisboa?! Conta pra gente nos comentários!

Leave a Reply

Your email address will not be published.