Curaçao – tudo sobre a ilha holandesa no Caribe

Nossa viagem para Curaçao simplesmente aconteceu!

A ilha tornou-se o destino da nossa lua de mel 4 dias antes do embarque, devido a um problema no sistema de visto mexicano que não emitia a autorização de entrada. E graças ao nosso agente de viagem, Otavio do OC Viagens Personalizadas, conseguimos alterar tudo na semana da viagem com o custo mínimo e hoje acho que foi a melhor coisa que aconteceu.

O melhor de Curaçao é que você pode ir em qualquer época do ano, é literalmente, abençoada por Deus – Fora da rota do furacão, com sol o ano inteiro, clima seco e praias de um azul cristalino faz da ilha um destino perfeito para aproveitar o melhor do Caribe.

Ela faz parte do ABC do Caribe – Aruba, Bonaire e Curaçao, as três possuem características parecidas no quesito clima, praias azuis e visibilidade perfeita para mergulho. Mas as duas primeiras possuem mais infraestrutura e apelo turístico.

As três ilhas fazem parte dos Países Baixos Caribenhos, foram colônias holandesas e a língua oficial é o Holandês e o Papiamento, esta última é uma mistura entre português e espanhol.

Como chegar

Antes da pandemia o Brasil tinha um voo direto partindo de Guarulhos, mas essa rota acabou e hoje você pode chegar em Curaçao via Copa Airlines com conexão no Panamá ou pela Avianca via Bogotá.

Nós fomos por Copa Airlines e foi um dos voos mais desconfortáveis que já pegamos, então, minha dica é: pague pela executiva ou pelos assentos da frente.

No nosso voo apenas os primeiros assentos possuíam TV, tomada para telefone, cobertor e travesseiro além de ter mais chances de poder escolher as opções de jantar que não são oferecidas para os passageiros do fundo do avião.

Onde se hospedar

O melhor local para se hospedar é Wlmenstad, nós ficamos no Renaissance Hotel e amamos. Por ser uma rede de hotéis focado em infraestrutura, a comodidade do hóspede é enorme, para ler mais clique aqui:

Renaissance Curacao Resort & Casino
Baoase Luxury Resort
Papagayo Beach Hotel

Praias

Curaçao é uma ilha pequena e o ideal é alugar um carro para conseguir conhecer as praias de uma forma mais confortável e econômica, taxi é supercaro e ônibus é escasso.

Abaixo tem o mapa da ilha, as praias circuladas são as que eu acho que você não deve deixar de conhecer.

  • Kenepa Grandi
  • Kenepa Chiki
  • Playa Lagun
  • Playa Porto Mari
  • Playa Cas Abao
  • Playa Karakter

Essas são no norte da ilha – para o lado de Otrobanda. Algumas são públicas e outras privadas, mas em todas você paga para usar as cadeiras de praia e guarda-sol, a grande diferença é o preço e o serviço, claro.

Em Kenepa, não tem serviço de praia e a cadeira custa US$ 5 e se você chegar tarde vai ter dificuldade em encontrar guarda-sol. Mas vale cada minuto, pois é uma das praias mais lindas que já conhecemos, com um azul neon no meio do dia e uma transparência na água impressionante.

Das privadas, a nossa preferida é foi a Karakter Beach com uma praia linda e um ótimo ponto para mergulho com corais por toda a costa da praia e o serviço incrível – gastronomia deliciosa com tartar de peixe, camarões, petiscos praianos diversos e uma excelente carta de vinhos. Vale ficar para pôr do sol e jantar no restaurante do beach club – reserve com antecedência para conseguir mesa.

Você consegue fazer esse roteiro em um dia – começamos com a Kenepa e viemos parando nas praias, almoçamos em Porto Mari, que tem apenas um beach club, que na verdade é uma barraca de praia com uma deliciosa piña colada servida com sorvete e opções de wrap de frutos do mar que poderiam ser mais gostosos, mas é ok.

Para entrar na praia custa US$3/pessoa e inclui as espreguiçadeiras – praia linda e com uma ótima visibilidade de mergulho, além de ter uma uma boa faixa de areia.

Mas como nas outras, chegue cedo, pois geralmente não tem guarda sol para todo mundo. Mas essa é uma praia com um dos melhores custo-benefício, o valor é mais baixo e já contempla as cadeiras.

Por fim, termine esse dia na Kokomo beach ou na Karakter Beach, para ver o pôr do sol e curtir o finalzinho do dia – eu falo das duas nesse post, pois elas possuem beach clubs que valem a visita.

Ao sul da ilha vocês vão encontrar a Mamboo Beach Boulevard e Seaquarium Beach que são praias “fabricadas” mas que nós adoramos.

Elas são “fabricadas” porque no centro da ilha não tem praia natural, com areia. Então o governo afastou as pedras forçando a formação de uma piscina natural e colocou areia retirada de outras praias para formar a extensão de areia e fez uma pequena orla com beach clubs, restaurantes e lojas mais ao centro da ilha.

Mais ao sul ainda está Jan Thiel Beach, uma pequena faixa de areia muito linda e de onde sai os passeios de barco para conhecer Klein Curaçao, que é uma pequena ilha inabitada próxima de Curaçao, 1h/2h de viagem, e que pertence ao país.

Com águas cristalinas, areia branca e uma vida marinha riquíssima você só consegue chegar de barco com os passeios de grupo oferecidos por empresas como Blue Finn, Mermaid e Miss Ann e que duram o dia inteiro – todos os pacotes estão inclusos a alimentação e bebidas não alcoólicas e custam em média US$120 e devem ser reservados com uma antecedência de 48h.

Restaurantes

Nultwinting (significa 020, código de Amsterdam)

Eu adorei esse restaurante, comida e ambiente – ele fica em uma casa de arquitetura colonial holandesa que foi restaurada para abrigar o restaurante e a proposta é uma gastronomia contemporânea deliciosa com vista para o mar e um bar delicioso que atende também o pequeno beach club do local.

Achei super descolado para ir no fim do dia, para você ter a vista maravilhosa e fazer um almoço ajantarado nesse lugar que é puro charme, seja pelos talheres que ficam em gavetas em baixo da mesa, pelas redes que te convidam a deitar na varanda, pela decoração de estilo old money ou pela comida que é maravilhosa

Karakter Restaurant

O Restaurante fica no hotel de luxo Coral Estate e possui algumas mesas pé na areia que precisam ser reservadas online, com antecedência, mas que garantem uma vista incrível para o pôr do sol. Mas a outra opção também tem vista e fica em um deck na praia, ambiente igualmente agradabilíssimo.

A decoração é bem simples e praiana com mesas de madeira, cadeiras brancas e bom atendimento com muitas opções de mariscos e carnes, principalmente cordeiro.

A gastronomia é contemporânea com inspirações italianas – aconselho o peixe mahi mahi que é uma pesca local e a deliciosa pasta de mariscos servida com tomatinhos e brócolis.

Mood

Esse fica no Mambo Blv e tem um restaurante com decoração de inspiração praiana, com pufs e sofás baixos na varanda, lustres de palha, estrutura de madeira e pé na areia o local te transmite a atmosfera de um lugar místico e praiano. A culinária é deliciosa com matéria prima fresca e ótimos vinhos.

Para começar, super recomendo o rolinho primavera de pato e de principal pasta de vôngole (ANG$45) que estava deliciosa.

Também aconselhamos reservar no site para não ficar sem mesa, o local também possui um beach club mais luxuoso com bons petiscos e daybeds para famílias.

Fort Nassau

Esse restaurante fica em um antigo forte de Curaçao que foi restaurado para receber o empreendimento, a vista é linda –possui uma visão de 360° do bairro de Pietermaai e Otrobanda e o pôr do sol é de tirar o fôlego.

Se sua viagem é de casal reserve com antecedência no site as mesas com as melhor vista para o pôr do sol, são apenas 4 mesas e esgotam rápido.

A culinária é contemporânea, com boas opções de carne e mariscos – Para começar super recomendo a salada de vieiras que é deliciosa e de principal o cordeiro com cogumelos estava no ponto perfeito, assim como o Caribbean Bouillabaise, que é uma espécie de sopa de frutos do mar de origem francesa e que nesse caso foi feita com frutos do mar locais e estava deliciosa.

As sobremesas também valem a pedida, experimentamos a típica torta de maça holandesa e uma torta de chocolate amarga, ambas muito boas.

Kome Curaçao

Esse é um restaurante que fica no bairro de Pietermaai e no centro da cidade, não tem vista mas é delicioso. Com a proposta de culinária internacional o local é bem descolado com um ambiente externo e um interno para você aproveitar a noite.

Para começar, pedi um carpaccio de peixe com caviar e maça verde que estava refrescante e delicioso. De principal, aposte no cordeiro ou nos mariscos – super bem servidos e deliciosos.

Mas a casa oferece brunch, almoço e jantar – no Jantar vale conferir o dia da semana, pois nas Quartas eles possuem noites de tapas.

Baoase Restaurant

O melhor restaurante que fomos na viagem, e ouso dizer, que é o melhor de Curaçao.

O restaurante fica em um hotel de luxo no centro da ilha, Baoase Resort, o local possui praia privada e tem aquele luxo do estilo old money, sem ostentação e de uma qualidade inquestionável.

Algumas mesas ficam pé na areia proporcionando um clima super romântico e o restaurante possui um menu degustação que custa US$85/pessoa incluindo entrada, principal e sobremesa – tem a opção de fazer o menu de 4 e 5 etapas mas achei o de 3 etapas mais que suficiente.

O jantar começa com pães de fermentação natural e molhos do chef, depois experimentamos as surpresas do chef – trouxinhas de foie gras e pêra e tartar de atum com mousse de limão e milho

Na entrada experimentamos a meia lagosta com tartar de king crab e alguns ponto cítricos como tangerina e erva doce, o steak tartar com foie gras servido com frutas e pães.

De principal, fui da lagosta inteira que acompanhava dois molhos e batatas gratinadas e crocante de mandioca. A outra pedida foi o steak tartar clássico feito na hora ao lado da mesa e servido com salada e batatas doces fritas.

As sobremesas estavam perfeitas, com destaque para minha pedida que era um manjar de lavanda recheada com doce de pêra e chocolate branco – maravilhosa

Tudo delicioso e super recomendo.

Beach Clubs

Praticamente todos esses restaurantes que eu citei possuem beach club, e vou citar o que achei deles e mais alguns que conhecemos e acho que vocês vão amar!

No Mambo BLV conhecemos dois beach clubs:

Cabana Beach Club

Ele fica ao lado do Mood e tem uma das melhores cadeiras de praia que conhecemos em Curaçao. Você tem a opção de ficar em uma área mais VIP com atendimento mais personalizado, toalhas, uma garrafa de água e frutas variadas por US$ 58/casal, ou ficar no espaço normal que custa US$11,5/pessoa.

O atendimento é ótimo e o cardápio com poucas variedades, mas tudo bem gostoso, o forte na maioria dos beach clubs é pedir sanduíches e wraps. Mas no Cabana eu também super aconselho os nachos que chegam muito bem servidos e são deliciosos, assim como o típico bolino de carne holandês – o bitterballen.

Nos dias de quarta eles oferecem um jantar dançante com música e bandas que fica lotado e é o maior agito, mas no geral eles só possuem o serviço de almoço, fechando na hora do jantar.

Bonita Beach Club

Localizado na Mambo BLV, o Bonita Beach Club se destaca por ter muitas cadeiras e um cardápio extenso e com preços mais atrativos – com drinks variados de todos os tipos, cerveja e petiscos praianos.

Custa US$5 a cadeira de praia e aos sábados e domingos tem happy hour.

Karakter Beach Club

O Beach Club e restaurante fica no Hotel e resort Coral Estate e o bom é que você não paga para acessar a praia e nem pelas cadeiras e guarda-sol, apenas pelo que consome. E por ser uma praia privada não pode levar comida e bebidas.

A pedida deliciosa é o Seacuterie (ANG$38) – uma seleção de peixes locais e internacionais servidos com foccacia e o coconut shrimp, camarões na manteiga servidos com molho de coco e abóbora (ANG$31)

St. Tropez Ocean Club  

Esse na verdade é um ocean club, pois como sua localização fica no centro de Pietermaai, onde não tem praia, a opção é piscina e vista para o mar azul.

Com inspirações nos beach clubs do sul da França, o local fica super badalado no fim do dia e entrando a noite. A cadeira da piscina custa US$25/casal e se você quiser apenas ficar nos lounges da piscina não paga nada.

Os petiscos são deliciosos, eu adorei a comidinha – atendimento bom, cardápio variado e gastronomia impecável. Aos finais de semana, fica mais animado com dj e gente bonita mas acho que você pode chegar no fim do dia, pois não tem muita graça passar o dia na beira da piscina mesmo que a vista seja bonita.

Kokomo beach

Um beach club lindo que fica em uma praia privada que não cobra entrada e as cadeiras custam US$6 e com opções deliciosas de drinks e petiscos, não pode levar itens de fora.

É uma ótima opção para mergulho e para aproveitar o dia. O pôr do sol de lá também é lindo e ao longo do dia a água vai de um azul turquesa para um azul esverdeado lindo com uma transparência incrível, você nada junto com os peixinhos – lindo, lindo, lindo!

Nultwinting beach club

O restaurante também tem um beach club super pequeno, o local tem uma minúscula saída para o mar sem areia e apenas com pedras – acho que vale se você vai de grupo porque ai fica um beach club praticamente apenas para vocês.

Mood Beach Club

O restaurante também tem um beach club com uma proposta mais luxuosa e de serviços mais exclusivos, fica ao lado do Cabana Beach no Mambo BLV e tem boas opções de petiscos, drinks e até um cardápio de comida japonesa.

Vale conferir se estiver buscando um dia na praia com um serviço de altíssima qualidade, o preço começa em US$ 11,50/pessoa e o VIP deck po US$ 143 para quatro pessoas.

Baoase Luxury Resort

Eles possuem um pacote de day use na praia do hotel que custa US$150/pessoa e inclui almoço de 3 etapas, guarda sol, cadeiras de praia, tolhas, água com gás ou normal, frutas, uma refeição na praia e uso de berços de praia, redes, caiaques e equipamento de snorkel.

Eu sei que vendo assim parece um absurdo de caro, e realmente é! Mas o local é lindo, de uma beleza estonteante e oferece mais comodidades que a maioria dos beach clubs de luxo, como o Karakter e o Mood. A diferença é que você pode tentar economizar nas outras opções, mas que se você passar o dia vai acabar gastando muito perto desse valor.

Em tempo, gostaria de informar que a maioria dos locais citados neste post não aceitam pagamentos em espécie, apenas cartão de crédito ou débito. Sei que para nós, brasileiros, o custo é alto para usar o cartão, por isso priorize o travel Money.

Gostou do post? Manda para um amigo! Tem dicas ou dúvidas de Curaçao? Conta pra gente nos comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.